O YouTuber comediante sem graça Felipe Neto apareceu há dois dias atrás criticando o governo Bolsonaro e suas medidas conservadoras no canal de um jornal americano The New York Times. .

Essas críticas, entretanto, e obviamente, não foram construtivas. Sabemos que tal YouTuber tem se posicionado a favor de uma política progressista, de esquerda, diante de seu público infantil.

Ele começou se apresentando para o público em inglês, fazendo duras críticas sem que haja alguém com o pensamento contrário, dando a ideia de que ele representava os mais de 200.000.000 de brasileiros.

Em seguida, comparou a política contra o CO.VI.D 19 de Bolsonaro com a política de Trump dizendo que o “Bolsonaro é o pior presidente do mundo em relação à pandemia”. Usou alguns trechos de vídeos antigos do Bolsonaro descontextualizados para dizer que ele é homofóbico. E a favor da violência contra quem pensa diferente, sem explicar a situação do Brasil na época desses vídeos.

Óbvio que o jornal esquerdista NYT postou esse vídeo, já que nesse ano vão ter eleições presidenciais nos Estados Unidos e qualquer coisa que tente abalar o discurso conservador de Trump e dos republicanos são bem-vindos ao canal americano.

Fica nosso repúdio à fala do YouTuber, porque não ajuda em nada na construção do nosso país, ao contrário serve apenas para ampliar a crise política que o Brasil está vivendo, não por causa do Bolsonaro, mas por causa das investidas da esquerda, que não aceitou até hoje, que mais de 57.000.000 de brasileiros votaram no Bolsonaro, e em 2022 votaremos de novo 👍

Aguenta esquerdistas, nós tivemos que engolir mais de 30 anos de esquerdismo no Brasil. Vocês vão sobreviver 😂.

#FechadoComBolsonaro