No último domingo, presenciamos uma manifestação em vários lugares do Brasil, que já vem acontecendo há mais ou menos 7 semanas. O povo está indignado com as atitudes dos parlamentares e dos ministros do STF nos últimos tempos. Isso porque eles vêm dando constantes golpes contra a democracia, ao tentar tirar, primeiro, os poderes do presidente que nós elegemos democraticamente, e, segundo, ao tentar tirar o presidente do poder.

O povo que está indo às ruas se manifestar não sabe mais o que fazer ou a quem recorrer. Muitas vezes pedem intervenção do exército, mas a imensa maioria quer dar um recado ao congresso e a todos que estão tentando dar um golpe de Estado, e esse recado é que nós estamos do lado do presidente Jair Messias Bolsonaro, aquele que elegemos e que queremos que governe. Os atos tem sido pacíficos e tem contado com a presença de homens, mulheres, crianças e idosos, todos com a bandeira do Brasil, vestindo verde e amarelo.

De repente, nós brasileiros nos reconhecemos patriotas, conservadores, defensores dos valores judaico-cristãos, que constitue a maioria da população do nosso país. A imprensa insiste, junto com a oposição, em caracterizar nosso movimento como anti-democrático, e fascista. Porém não há nada mais democrático e pacífico do que a genuína voz do povo que clama por justiça.

Talvez a justiça possa não vir daqui, deste mundo corrupto e humano, mas sabemos que em breve, a justiça divina chegará, e não tardará. Porque Deus é amor, e também é justiça.

Deus acima de tudo e de todos. Deus abençoe a todos nós e que Ele tenha misericórdia da nossa nação.