– Olá, amigos e alunos,

– Antes de começar o conteúdo, quero lembrá-los que as datas do ENEM já estão marcadas. As inscrições serão realizadas dias 6 a 17 de maio e as provas serão aplicadas dias 3 e 10 de novembro. Não percam estas datas. Ok?

– Hoje falaremos sobre o escritor Castro Alves, que fez parte da terceira fase romântica no Brasil que teve como nome Condoreirismo. Essa etapa do romantismo foi nomeada assim, porque os escritores queriam elevar a arte poética, assim como o condor voa pelos ares. Condor é uma ave de rapina que rasga os os céus.

– Castro Alves ficou conhecido como poeta do povo, porque sua literatura era destinada à luta pela libertação das camadas oprimidas da sociedade, principalmente, os escravos. O autor nasceu em 1847, e morreu em 1871, ou seja, aos 24 anos, tempo suficiente para entrar no cânone da Literatura brasileira.

– Publicou seu primeiro livro poético, intitulado Espumas Flutuantes, em 1870. Em seguida, o livro A cachoeira de Paulo Afonso foi publicado postumamente em 1876. Assim como Os escravos (Navio Negreiro) em 1883. Tais livros inspiraram toda uma geração, que viria a ser os abolicionistas, a lutarem pela libertação dos escravos.

– Apesar de ser considerado romântico, alguns estudiosos de sua obra consideram que já havia em seus versos, sementes do que viria a ser o realismo. A próxima escola literária que abordaremos no nosso blog Língua Portuguesa Brasil. Ok? Até a próxima e bons estudos.