– E aí, amigos, e alunos,

– Passou o primeiro turno das eleições, mas não perca o foco. Continue os estudos para o seu vestibular. Kkkkkkk. Esse ano não é fácil, não é mesmo?

– Bom, agora começou o segundo turno e teremos no dia 28 desse mês mais uma votação. Precisamos ter uma posição definida, afinal a vaga de presidente é a vaga número 1 do Brasil. Quem sairá vitorioso?

– O Brasil é formado por três poderes, o executivo, o legislativo e o judiciário. O executivo gerencia, ou melhor, administra o país. O segundo legisla, ou seja, cria leis, cuida da parte da lei do país. E o terceiro, o judiciário, garante que a lei seja respeitada.

– No primeiro turno foram eleitos membros do poder executivo (presidente e governadores) e do poder legislativo (Câmara dos deputados e Senado). Antes dessas eleições quem dominou o país por vários anos foi a esquerda, representada pelo PT.

– A direita nunca teve representantes fortes nos dois poderes eletivos (executivo e judiciário), mas nessas eleições teve um fenômeno diferente. A direita venceu elegendo muitos deputados e senadores. E no âmbito presidencial o seu representante teve maior número 46%. Enquanto o PT teve 28.

– Esses números não foram suficientes pra uma vitória no primeiro turno, portanto teremos o segundo. Um, o Bolsonaro é da direita, defendendo uma economia liberal para o Brasil e nos valores é conservador. Já o Haddad é da esquerda, portanto defende um lado mais social. É agora, José?